sexta-feira, 27 de abril de 2012

HORA DANÇANTE - COLE PORTER (RED HOT'N BLUE)

Sinéad O’Connor - You Do Something To Me


Iggy Pop & Debbie Harry - Did You Evah


David Byrne - Don't Fence Me In


The Pogues & Kirsty MacColl – Miss Otis Regrets / Just One of Those Things


The Neville Brothers- In The Still Of The Night

quinta-feira, 26 de abril de 2012

PEDRA CANTADA

Em abril de 2011 publiquei esse post:

HAJA SACOLINHA PRA LEI DA SACOLINHA!

Tá bem, tá bem, o planeta está a caminho da salvação, os ecochatos estão em êxtase, etc e coisa e tal.
Mas, além deles, quem mais está rindo até as orelhas com essa leizinha pentelha?
Hein? Hein?


E um ano depois...

Um ano após o fim das sacolas, supermercados são os mais beneficiados

A indústria de plástico constatou queda de 10% no consumo brasileiro, o equivalente a 3 milhões de embalagens a menos todos os dias. Já os supermercados de BH deixaram de desembolsar pagando a esses fabricantes, em média, R$ 5,8 milhões. Ao consumidor restou gastar mais para acondicionar as compras e o lixo – o uso de sacos para descarte de resíduos subiu e o preço deles disparou – além da esperança de estar colaborando com a natureza. Porém, pesquisas científicas já questionam a legitimidade e a eficiência das sacolas ditas biodegradáveis em circulação em BH.

Fraude na 'sacola ecológica' em Belo Horizonte

Pesquisas de universidades constatam que embalagens com selo ABNT são quase idênticas às banidas. Algumas, tidas como biodegradáveis, são de polietileno. Outras têm metais pesados.
O Laboratório de Ciência e Tecnologia de Polímeros do Departamento de Engenharia Química da UFMG analisou 25 sacolas ecológicas recolhidas aleatoriamente em estabelecimentos de BH. Com a inscrição que comprova atendimento às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) impressa nas sacolas, a expectativa era de encontrar amido de milho, batata ou mandioca na composição das amostras. Mas o resultado foi bem diferente. “Não encontramos nenhuma sacola que não fosse à base do polietileno" (polímero usado na fabricação de embalagens de plástico).
E aquelas que se intitulam oxibiodegradáveis, com um aditivo que acelera sua decomposição, contêm ainda metais pesados”, afirma o coordenador do laboratório, o professor Roberto Fernando de Souza Freitas.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

terça-feira, 24 de abril de 2012

AGILDO da Gama Barata RIBEIRO Filho

Nos idos de 1981, entramos, minha primeira heroína e eu, numa loja de discos no BH Shopping.
Ela, em final de gravidez, barrigudaça.
Era de manhã, loja vazia, os vendedores puseram esse disco aí da foto pra tocar. Em menos de 10 minutos ela teve que sair correndo sob risco de vexamoso xixi perna abaixo ou, pior, estourar a bolsa de tanto rir.

Resumo da ópera: compramos o disco e diversas passagens, casos e piadas viraram bordões eternos entre nós. E, posteriormente, da nossa filha que escapou de nascer em local tão inapropriado.

Por que essa historinha sem sentido?
Porque esse engraçadíssimo cidadão completa hoje 80 anos.
Bem vividos (espero).

Nossas homenagens e agradecimentos por tantos anos de risos incontidos.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

ALTO RISCO

Robin Gibb despertou do coma ouvindo a própria música, diz filho.

O cantor e compositor Robin Gibb, dos Bee Gees, despertou do coma enquanto ouvia a sua recém-lançada obra "The Titanic Requiem", disse seu filho nesta segunda-feira (23).

O músico de 62 anos, que sofre de câncer colorretal e pneumonia, entrou em coma neste mês e chegou a ter menos
de 10% de chance de sobrevivência na avaliação dos médicos, disse Robin-John ao canal ITV News.
Um comunicado oficial da equipe médica diz que Gibb está "totalmente consciente, lúcido e capaz de conversar com seus entes queridos".

Durante o coma, familiares tocavam canções dos Bee Gees e notaram que Gibb tentava articular a letra das músicas. Quando a nova sinfonia dele, composta em parceria com o filho, foi executada no aparelho de som, Gibb acordou.

Se essa incrível ocorrência se desse por aqui (com alguns - vários -representantes dessa coisa que andam chamando de música brasileira), o mais provável seria a doce e benigna morte imediata.

Ou não?

sábado, 21 de abril de 2012

VIDA DURA...

(Deu no Público de Lisboa)

FUCKING NÃO CONSEGUE
MUDAR DE NOME

A aldeia austríaca de Fucking vive dias conturbados. Cansados de serem motivo de piadolas fáceis dos turistas de língua inglesa e de pagarem do seu bolso a substituição das placas da localidade constantemente roubadas pelos visitantes, os “fuckinguenses” decidiram mudar o nome da terra para Fugging.
Mas, afinal, já existe uma terra com esse nome no país e não está disposta a partilhá-lo. As autoridades terão agora de desempatar a contenda.

Baptizada com um nome totalmente inofensivo em alemão por causa de um lorde, Focko, que terá fundado o povoado no século VI, Fucking começou a dar nas vistas após a II Guerra Mundial, quando se tornou ponto de peregrinação obrigatório para as tropas britânicas e norte-americanas estacionadas ali perto, em Salzburgo.

Começou aí a fama da aldeia com nome em vernáculo. E depois vieram os turistas. Roubavam as placas, fotografavam-se e filmavam-se junto a elas, por vezes tirando a roupa e cumprindo o desígnio indicado pela palavra.

Os cidadãos locais (e são cerca de uma centena) não achavam graça nenhuma a isto. Principalmente porque cada placa custa à volta de 300 euros e o seu roubo constitui o único item da lista de crimes cometidos na terra.

Por esta altura, já havia quem estivesse a ver a coisa por outro prisma. Um cidadão local criou um site e passou a vender t-shirts com a mensagem “I like Fucking in Áustria”.
O negócio corria bem, mas os vizinhos levaram a mal e a pressão da opinião pública matou a iniciativa.

Outras surgiram: em 2008, realizava-se o Festival das Fuck Bands, que contou com as participações de grupos como os Fucked Up, Holy Fuck, Fuck e Fuck Buttons.

Talvez tudo isto sejam em breve memórias de uma era desaparecida. Mas, ao anunciar a intenção de mudar de nome, os responsáveis da aldeia podem ter desencadeado uma reacção adversa. Muitos turistas estarão a dizer neste momento: “Vamos a Fucking enquanto é tempo!”

quinta-feira, 19 de abril de 2012

POSSE DE AYRES BRITTO - RETRATO DE UM PAÍS GRANDE E BOBO

Posse de Ayres Britto no STF.
Pompa, circunstância e a presença de incontáveis cidadãos que estariam mais bem colocados caso estivessem sentados no banco dos réus.

Começa a solenidade com Daniela Mercury cantando, com direito a muita emoção e olhinhos marejados, o hino nacional. No final, ao cantar o verso "dos filhos deste solo és mãe gentil", a engajada cantante sorri e faz uma mesura para Dilma. Cuja (espero que constrangida), ignora.

Quer retrato melhor do que esse?
A criatura que ocupa o mais alto cargo do país é a "mãe gentil"!
Ou seja: a classe política brasileira, uma piada de péssimo gosto (pra dizer o mínimo), é venerada com amor filial.

Resta rezar pelo progresso das viagens interplanetárias.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

"SE VOCÊ NÃO TEM ESPN, CONSULTE SUA OPERADORA."

Em agradabilíssimo momento família assistimos hoje, minha caçula e eu, ao Chelsea X Barcelona.

Autista digital, ela me intriga: como é possível uma criatura assistir um jogo sem parar de mexer no celular?
Mas, assiste, dá pitaco, torce e esbraveja com o narrador do jogo ao ouvir a asneira do título: -“Se eu não tenho não estou te vendo, né não ô sua anta?”

(Mal consigo disfarçar o orgulho.)

terça-feira, 17 de abril de 2012

segunda-feira, 16 de abril de 2012

O SER HUMANO AINDA EXISTE? TOMARA!

Millôr Fernandes dizia que o ser humano é inviável.
E basta abrir qualquer jornal para confirmar a tese.
Mas, ainda bem, volta e meia aparecem essas exceções. (A confirmar, porque hoje em dia temos que aguardar um pouco para saber o que é notícia e o que é assessoria de imprensa... Ô vida!) 

O atacante italiano e capitão do Udinese, Antonio Di Natale, informou nesta segunda-feira que vai assumir a custódia legal da irmã decifiente de Piermario Morosini, jogador do Livorno que morreu no sábado, aos 25 anos, vítima de um ataque cardíaco quando disputava uma partida da segunda divisão italiana.

Di Natale, amigo pessoal e companheiro de Morosini durante sete temporadas, assegurou que Maria Carla, a irmã deficiente do jogador e órfã de pai e mãe, não ficará abandonada. Morosini e Maria Carla tiveram de superar juntos a morte de seus pais, em 2001 e 2003, respectivamente, e o suicídio, pouco depois, de outro irmão, Francesco, também deficiente.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

quinta-feira, 12 de abril de 2012

FLAMENGO FORA DA LIBERTADORES. É ATÉ BOM.

Futebol é invenção do demo.

O Flamengo precisava vencer o Lanus e venceu.

Mas, precisava que Olimpia e Emelec empatassem.

Aí, 1 a 0 Olimpia, 1 a 1, 2 a 1 para o Emelec, 2 a 2 e, no finalzinho, 3 a 2 para o Emelec. U'a meleca.

O Flamengo continua dando raiva. Um elenco milionário mais um monte de garotos bons de bola e continua sem esquema de jogo, dependendo de lances ocasionais do Gaúcho, da boa fase do Wagner Love e... Mais nada!
A defesa é uma piada, Papai Joel é outra piada e a diretoria é a piada maior de todas: de péssimo gosto.
Pensando bem, é até bom sair porque, pelo andar da carruagem, se seguisse, o vexame seria maior.
Agora, é esperar o brasileirão. Com fé...

quarta-feira, 11 de abril de 2012

BO XILAI SE COMPLICA POR CAUSA DE GU KAILAI

Mulher de líder comunista chinês é suspeita de matar empresário britânico

Gu Kailai, foi presa, acusada de ter assassinado um empresário britânico, por sua vez sob a suspeita de organizar conexões mafiosas internacionais para o casal de dirigentes comunistas. A polícia formou uma equipe para investigar novamente o caso do cidadão britânico Neil Heywood, que foi encontrado morto em Chongqing.

“De acordo com os resultados da nova investigação, a evidência existente indica que Heywood morreu em decorrência de homicídio, do qual Gu Kailai e Zhang Xiaojun, um assistente da residência de Bo, são altamente suspeitos", afirmou a agência de notícias Xinhua.

明白吗?(Entendeu...?)

terça-feira, 10 de abril de 2012

segunda-feira, 9 de abril de 2012

ECOS PASCOAIS

(Tá legal que é velha. Mas, é ótima!)

- Papai, o que é Páscoa?
- Ora, Páscoa é... bem... é uma festa religiosa!
- Igual ao Natal?
- É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressurreição.
- Ressurreição?
- É, ressurreição. Maaaaartaaa, vem cá!
- Sim...
- Explica pra esse garoto o que é ressurreição prá eu poder ler o meu jornal.
- Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu?
- Mais ou menos... Mamãe, Jesus era um coelho?
- O que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Coelho! Jesus Cristo é o Papai do Céu! Nem parece que esse menino foi batizado! Jorge, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa pelo menos aos domingos. Até parece que não lhe demos uma educação cristã! Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Deus me perdoe ! Amanhã mesmo vou matricular esse moleque no catecismo!
- Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus?
- É filho, Jesus e Deus são a mesma coisa. Você vai estudar isso no catecismo. É a Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo.
- O Espírito Santo também é Deus?
- É sim.
- E Minas Gerais?
- Sacrilégio!!!
- É por isso que a ilha de Trindade fica perto do Espírito Santo?
- Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é o Espírito Santo de Deus. É um negócio meio complicado, nem a mamãe entende direito. Mas se você perguntar no catecismo a professora explica tudinho!
- Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Páscoa?
- Eu sei lá! É uma tradição. É igual a Papai Noel, só que ao invés de presente ele traz ovinhos.
- Coelho bota ovo?
- Chega! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais!
- Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa?
- Era... era melhor, sim... ou então urubu.
- Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né? Que dia ele morreu?
- Isso eu sei: na Sexta-feira Santa.
- Que dia e que mês?
- (???) Sabe que eu nunca pensei nisso? Eu só aprendi que ele morreu na Sexta-feira Santa e ressuscitou três dias depois, no Sábado de Aleluia.
-Um dia depois!?
-Não três dias depois.
-Então ele morreu na Quarta-feira.
- Não, morreu na Sexta-feira Santa... ou terá sido na Quarta-feira de Cinzas? Ah, garoto, vê se não me confunde! Morreu na Sexta mesmo e ressuscitou no sábado, três dias depois!
- Como?
- Pergunte à sua professora de catecismo!
- Papai, porque amarraram um monte de bonecos de pano lá na rua?
- É que hoje é Sabado de Aleluia, e o pessoal vai fazer a malhação do Judas. Judas foi o apóstolo que traiu Jesus.
- O Judas traiu Jesus no Sábado?
- Claro que não, né! Se Jesus morreu na Sexta!
- Então por que eles não malham o Judas no dia certo?
- Ai...
- Papai, qual era o sobrenome de Jesus?
- Cristo. Jesus Cristo.
- Só?
- Que eu saiba sim, por quê?
- Não sei não, mas tenho um palpite de que o nome dele era Jesus Cristo Coelho. Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha?
- Ah, coitada!
- Coitada de quem?
- Da sua professora de catecismo!


Autor ignorado
(via Ócio do Ofício)

quarta-feira, 4 de abril de 2012

TÁ FALTANDO TREINO

Na televisão, Ipatinga X Grêmio – empolgante pugna da Copa do Brasil. A transmissão envolve narrador, comentarista e repórter de campo. Segundo tempo, zero a zero, alguém da torcida arremessa um objeto em direção ao goleiro do Grêmio. Passa longe mas, jogo interrompido. Momentos de tensão. A polícia entra em campo e um dedicado servidor da lei pega o "artefato" com a ponta dos dedos.

O narrador, dramático, manda:
-“Pode ser uma bomba caseira!”

O comentarista mata de primeira:
-“Se for, deve ser do Magáiver...”

E o repórter de campo tritura:
-“Sargento, que artefato é esse?”
-“Vamos averiguar. Está embrulhado com fita crepe e pesado. Parece uma bomba caseira...”

Segue o jogo.
Agora não sei onde a tensão está mais tensa: se na bomba caseira, se no jogo ou se entre o comentarista, o narrador e o repórter...